Alô Steve Jobs!

outubro 23, 2009

Apple Insider

Apple Insider

Eu estava quase dormindo na frente do PC quando recebi de dois leitores (Moe e Renan!) a indicação desta notícia. Li rapidamente e entendi que a Apple estaria lançando um equipamento touch screen 3G para banheiros. Já lembrei de todas as pessoas que desdenharam deste blog por seus valores e conceitos, que teriam suas línguas queimadas (rancor eterno!).

Ao reler o artigo hoje mais atentamente, todavia, percebi que a Apple na verdade pretende lançar no ano que vem um produto inovador que ofereça mais do que “apenas acesso à internet no banheiro”. Apesar de desapontado com o menosprezo dado para o web browsing em banheiros, me fez orgulhoso o exposto fato de uma das mais promissoras e inovadoras empresas de tecnologia constatar e atentar o grande número de pessoas que compartilham este saudável hábito conosco, caro leitor,  da CAGADINHA WIRELESS!

Se você estiver lendo este blog do seu I-Phone, participe de nossa campanha! Tire uma foto dele, no seu banheiro, mostrando o blog Cagadinha Wireless e envie para steve@apple.com !

Anúncios

Cagadinha de estréia!

junho 22, 2009

Chegou a minha vez de fazer o meu debut no Cagadina Wireless. E é com imenso orgulho que venho sacrimentar algumas idéias através de muita merda, afinal não é todo o dia que temos espaço exclusivo para isso. Merda é uma das formas de nostalgia. Momentos de força interior, reflexões. Hora de desopilar, dar risada, conectar-se com o mundo. Então, se querem história bizarras, informações inúteis e muito humor, contem comigo para fazer esta merda valer a pena.

Abaixo, a primeira informação (in)útel.

Foi comprovado em pesquisa científica que, se você beber mais de 1 (um) litro de água por dia, durante um anFish_Crap_Watero, no final você terá ingerido mais de um (1) quilograma de coliformes fecais que estão diluídos na água, ou seja, um quilo de bosta! Já bebendo cerveja, você não corre esse risco, uma vez que coliformes fecais não sobrevivem ao processo de produção da cerveja!

Eu fiz minha parte e avisei! Muito melhor tomar cerveja e falar merda, do que beber cocô e não falar bosta nenhuma!

Uma semana de merda a todos.

Mania de Você

junho 19, 2009

Cagadinha Wireless Notebook Banheiro Cagada BlogÉ com grande prazer que faço meu debut no CW! Aliás, como já diria meu pai: “cagar também dá prazer”. Então, por uma simples analogia, concluo que cagar é tão bom quanto começar a escrever para este ilustre blog.

Para iniciar os trabalhos queria compartilhar com a grande rede algumas manias absurdas que pessoas tem quando vão ao banheiro.

Tenho um amigo, cuja identidade vou manter em sigilo, que costumava brincar de comandos em ação enquanto cagava. Ainda bem que eu tinha meus próprios bonequinhos e não precisava brincar com os dele.

Certa vez, conheci um cara que não conseguia cagar se não tirasse toda a roupa. Puta que o pariu: imagina o cara dando uma cagada no pipi móvel do Planeta Atlântida, por exemplo. Este mesmo cara tinha por costume levar o violão pro banheiro porque dizia que era a melhor acústica da casa: isso eu concordo, mas espero que ele nunca me convide para fazer uma jam com ele no banheiro enquanto escorrega um do bom!

Ainda lembro do pai de outro amigo meu que só cagava se pudesse tomar um banho depois. Ele até dava uma explicação bem plausível:

– Esfrega cocô no chão e limpa com papel até ele sumir. Depois cheira o chão pra ver se ficou bem limpo mesmo!

Por fim, como não podia deixar de ser, a minha mania: levar o Notebook para o trono e escrever para o Cagadinha Wireless.

Não importa o seu formato
Pro homem você é um parto

Salve o cocô!

Marcinho apóia o Blog

junho 18, 2009

Internet e joguinhos de video-game são grandes companheiros de jogadores de futebol durante a concentração.

Temos uma fonte segura de que nosso Blog está se alastrando pelo mundo da boleiragem. Todos os hotéis em que os times brasileiros ficam concentrados possuem internet para os hóspedes. A Cagadinha Wireless está tomando conta.

O primeiro boleiro a aderir foi o Marcinho, ex-jogador do Grêmio.

Marcinho Caganeira

Marcinho Caganeira

Vejam uma entrevista do Marcinho, para uma rádio gaúcha. Percebam que ele já antecipava tendências. Ficou o dia inteiro cagando água. O que será que ele fez o dia inteiro enquanto cagava? Não existe revista suficiente pra dar conta do recado. Já a internet é um universo de possibilidades. Será que ele já utilizava a Cagadinha Wireless?

Ode ao cocô

junho 16, 2009

Escrevendo não tem erro, mas falando as pessoas se confundem: não é ÓDIO ao cocô, é ODE.

ode

s. f.
1. Ant. Poesia própria para canto.
2. Composição poética, laudativa ou amorosa, dividida em estrofes simétricas.

Cagadinha Wireless Amor ao cocôEm outras palavras, é uma homenagem amorosa ao dito cujo. Ode ao Cocô, esse é o nome de uma música muito bonita e sentimental que fiz com o Otávio Senna (o vocalista). Trata-se da banda Os Bacanas, da qual nosso querido administrador desse Blog, André Kieling, também faz parte.

Ao contrário do ódio que muitos ouvem, estamos falando de amor nessa letra. O amor pelo cocô. Você já parou pra pensar que paga R$ 7,00 por um Xis e uns R$ 3,00 vão pro esgoto? Tem que ter mais carinho pelo cocô nosso de cada dia. Não só porque custou caro, mas porque é algo que nós fizemos sozinhos, sem ajuda de ninguém. Uma verdadeira obra. Deus é tão generoso que deu esse dom a todos.


Nesse dia o Otávio me convidou pra ir até a casa dele para fazermos música. Chegando lá ele disse: “tá, espera aí, só deixa eu dar uma cagadinha antes”. Quando ele voltou o tema já estava definido.

Ouça a música aqui!
E a letra:
Ode ao Cocô
Lucas Silveira e Otávio Senna

Tirei meu cuecão
Achei uma freada de caminhão
Fui pro banho, e lá eu assoei todo meu ranho
.
São coisas pequenas
Mas também tem as grandes
Tal como a vontade que eu estou de cagar nesse instante
.
Desliguei o chuveiro
Ó meu bem, fui bem ligeiro
Sentei na privada, e senti o quanto a tampa estava gelada
.
Senti um friozinho
Que me gelou minha espinha
E a merda saia, na medida que eu tremia
.
Parecia um filme
Um lindo filme de amor
O cocô indo embora e eu chorando de dor
.
Mas pra quê os lamentos
Se o que se foi não vai voltar
E a única lembrança, é a cueca com a freada que eu pra sempre vou guardar
É a cueca com a freada que eu não vou mais lavar!
..