E para beber?

julho 17, 2009

Sempre escutamos que determinado prato deve ser acompanhado de um tipo de vinho específico. Não me atrevo a citar exemplos pois apesar de ter muita curiosidade sobre o assunto o meu conhecimento é extremamente limitado, para não dizer nulo.

Há algum tempo decidi que a minha bebida é cerveja. Nada pode ser melhor! Sempre que possível eu procuro experimentar uma nova marca ou um tipo diferente do meu “líquido sagrado”, fiz muito isso na minha última viagem pelos Estados Unidos. Ao invés de pagar R$50 reais (preço totalmente tirado da minha cachola, sem nenhum parâmetro ou pesquisa) por um vinho importado, prefiro investir em duas garrafas de cerveja alemã de R$25 cada e que me agradam muito mais.

Beer and FoodMuitos não sabem, mas assim como ocorre com o vinho, existem tipos ideais de cerveja para determinados pratos. Por exemplo: a cerveja ideal para acompanhar uma costelinha de porco com molho barbecue (prato TOP 3 na minha escala de favoritos) deve ser uma cerveja alemã forte bock ou uma american brown ale (???). Sim, agora podemos tirar onda de experts graças a um site no qual você escolhe o ingrediente, a maneira de preparo e ele te indica a cerveja ideal para acompanhar, fornecendo inclusive exemplos de marcas!

Veja aqui

Já dei início às experimentações!

Anúncios

Cagadinha de estréia!

junho 22, 2009

Chegou a minha vez de fazer o meu debut no Cagadina Wireless. E é com imenso orgulho que venho sacrimentar algumas idéias através de muita merda, afinal não é todo o dia que temos espaço exclusivo para isso. Merda é uma das formas de nostalgia. Momentos de força interior, reflexões. Hora de desopilar, dar risada, conectar-se com o mundo. Então, se querem história bizarras, informações inúteis e muito humor, contem comigo para fazer esta merda valer a pena.

Abaixo, a primeira informação (in)útel.

Foi comprovado em pesquisa científica que, se você beber mais de 1 (um) litro de água por dia, durante um anFish_Crap_Watero, no final você terá ingerido mais de um (1) quilograma de coliformes fecais que estão diluídos na água, ou seja, um quilo de bosta! Já bebendo cerveja, você não corre esse risco, uma vez que coliformes fecais não sobrevivem ao processo de produção da cerveja!

Eu fiz minha parte e avisei! Muito melhor tomar cerveja e falar merda, do que beber cocô e não falar bosta nenhuma!

Uma semana de merda a todos.